sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Havendo


Havia a dor. Mas não havia clima
para chorar. Vivia-se um ultimato:
o chicote do Tempo impunha fatos
sem saída e pisava-nos em cima.
Havia o furacão no olho e no entorno
a destruir família, casa, escola,
e empacotando o resto na sacola
do desastre, do abalo e do transtorno.
Havia os outros sempre nos olhando,
a sorrir com o escárnio satisfeito
diante das vergonhas humilhantes.
E havia um deus maléfico e nefando
plantando de antemão o desrespeito
nas trilhas que se abriram doravante ...

Nenhum comentário: