terça-feira, 24 de setembro de 2013

Amor Barroco II


E se com seu martelo de mágoas
forjar treva e inferno tão ferozes
que num só golpe de ódio fulmine
até o tempo feliz junto havido?

E se ofertar o fatal gatilho
a quem dava outrora gozo e vida?
E se o sangue que descia ao sexo
subir e explodir de dor no cérebro?

E se a vingança cegar-te os olhos
que, recém abertos, eram cegos
pelo excesso de luzes do afeto
dela, que só o teu coração via?

É porque o Amor tem livre arbítrio,
e ataca amantes com força igual
a que antes lhes dava a sensação
falsa de glória e de hegemonia.

domingo, 8 de setembro de 2013

Oração


Dá-me um novo mar e me resgate do passado.
Afasta os destroços que me perseguem
e fazem minha vida a sombra de episódios.


Tantos oceanos coloridos e heroicos

convidando à vitoria há nos mapas,
e eu me afogo sempre nas mesmas águas,

em conhecidas e sujas ondas velhas,
nas marés ressecadas de Tempo e Medo,
onde só restaram eu, os mortos e o sal.