sábado, 9 de abril de 2011

Após o amor II


Que é da ânsia que era minha
e meu corpo saciou
através de outro corpo
que também ardia ?
                                       Aonde ?

Aonde foram o egoísmo e o cio
- que há pouco nos uniam,
enquanto se batiam em luta
e busca dos gemidos
do outro - que de cada um nascia ?

Se luz e vida se mantém acesas
na mesinha de cabeceira,
onde está o ardor agora?

Feito em líquido foi-se embora
ou em silêncio reelabora?

Nenhum comentário: