domingo, 24 de fevereiro de 2008

Versos


Assim como velhas tribos
deixaram pedras, cerâmicas e ruínas,
meu verso é o resto da minha vida.

Dilatei dores, desejos e episódios
que o Tempo fez colecionáveis
e construí uma vitrine.

Assumo estas frases
sem vergonha ou vaidade:

venham do riso ou da ferida, 
são cicatrizes de sonhos, 
gozo e lágrimas.

Nenhum comentário: